AGNU (1993) – Conferência de Viena

O comitê AGNU (1993) especula discutir sobre as questões de direitos humanos e da importância de sua redefinição pós Guerra Fria, por meio da construção de um Alto Comissário sobre os Direitos Humanos (ACNUDH). Desse modo, iremos simular a Conferência de Viena sobre os Direitos Humanos que ocorreu no de 1993, em virtude da vitória ocidental capitalista que viu uma oportunidade e necessidade para reconfigurar a importância da agenda dos direitos humanos em um âmbito internacional.

A Conferência enfatizou a complexidade das negociações sobre o tema entre os vários países, uma vez que maioria dos países ocidentais defendiam a ideia da aplicação dos direitos humanos como sendo um só para todos no mundo. Entretanto, os demais países questionavam se essa ideia refletiria e respeitaria todas da mesma forma, já que o mundo é composto por várias culturas distintas.

À vista disso, o comitê focará em discutir sobre a criação da ACNUDH, em como ela deveria funcionar e ser gerenciada, ressaltando assim o debate entre os dois lados que é marcado por opiniões e críticas distintas. A Conferência foi um marco fundamental para as discussões futuras sobre os Direitos Humanos em um aspecto internacional. Assim, as discussões do comitê seguirão o propósito de construir e idealizar um processo de negociação pacífico e justo pensando na criação de um Alto Comissário da ONU que irá monitorar as questões de Direitos Humanos internacionalmente.

Em breve link para o blog do comitê.

Equipe:

Gustavo Domingues Morais – Diretor
Alice Batista – Diretora Assistente
Ana Beatriz Rios – Diretora Assistente
Ana Clara Andrade – Diretora Assistente
Ana Clara do Nascimento – Voluntária
Maria Eduarda Cuenca – Voluntária