AGNU (1989) – Conferência de Paris sobre o Camboja

O comitê AGNU (1989) busca discutir a questão da instabilidade e conflitos no território do Camboja. Assim, será simulada a Conferência de Paris sobre o Camboja que ocorreu em 1989 como consequência do interesse internacional que passava a emergir para solucionar a questão. Mesmo após a independência, em 1953, o país não conseguiu se recuperar das mazelas que assolavam sua sociedade, posteriormente, o país foi submetido a diversos golpes de estados, e mesmo que recebidos com euforia pela população ao achar que finalmente teriam suas condições de vida melhoradas, esses governos eram permeados por corrupção e não revertiam em melhoras no âmbito social. O último governo independente do país foi a partir do golpe do grupo guerrilheiro Khmer Vermelho, um governo autoritário que fez com que muitos morressem por trabalho forçado ou por desnutrição, assim como, pelo genocídio étnico instaurado. Nesse contexto, o Vietnã invade o país para tirar o Khmer Vermelho do poder.

Tendo isso em vista, a conferência ocorre a partir do interesse vietnamita de se retirar do território. Desse modo, por meio do debate buscará se discutir como o país ficará após essa retirada e como esse seria governado, enfatizando que o quadro político do país estava dividido em quatro grupos principais, FNLPK, FUNICINPEC, Khmer Vermelho e PPC. Essa discussão será guiada pelo intuito de pacificar o território e promover melhorias para a população, abrangendo também a questão do genocídio étnico que ocorreu e como evitar que ocorra novamente. Entretanto, é necessário reiterar que os países participantes divergem em seus interesses e soluções para o território.

Em breve link para o blog do comitê.

Equipe:

Laryssa Tomaz de Frias Marques de Souza – Diretora
Ariane Galvão – Diretora Assistente
Maria Isabela Tonon – Diretora Assistente
Michelle Ferreira – Diretora Assistente
Felipe Galafassi Silva – Voluntário
Núbia Arcos – Voluntária